sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Amigos da Leitura

Bom galera a entrevista dessa semana, é novamente com o Caio Lafayette, mas dessa vez é sobre a "Associação Amigos da Leitura". Fundada em 2007, a Associação Amigos da Leitura tem como missão ser um agente de desenvolvimento cultural por meio do incentivo e da democratização do acesso à leitura. Espero que gostem, e conheçam um pouquinho mais sobre esse projeto que vem crescendo aos poucos e é um trabalho muito legal!





Cáh: O que é e quem são os amigos da leitura?
Amigos da Leitura: A 'Amigos da Leitura' é uma Associação que surgiu em 2007 cujo objetivo principal é ser um agente de desenvolvimento cultural, pautando-se, principalmente, da ferramenta do incentivo e da democratização do acesso à leitura. Desde sua criação, há mais de 4 anos, muitas pessoas passaram e se identificaram com a causa. Por isso digo que 'Amigos da Leitura' são todos aqueles que defendem essa bandeira. Fui um dos fundadores, mas não o único. O interessante é que a ideia não se resume a um município ou a um bairro, mas a uma causa.

Cáh: De onde surgiu a idéia de criar os amigos da leitura?
Amigos da Leitura: A ideia foi surgiu quando eu, Caio Lafayette, lia um livro chamado 'Cidadão de Papel', do Gilberto Dimenstein. Em uma passagem do livro ele falava de uma moça, escritora de livros infantis, que sempre andava com as suas obras no banco de trás do carro. Certa vez, um menino pediu moedas a ela, no farol - cena que, infelizmente é comum em nossas grandes cidades. Ao invés da moeda ela deu um livro. Segundo ela, o menino por alguns minutos deixou de pedir dinheiro no farol, sentou na guia da calçada e ficou folheando o livro. Essa passagem me inspirou, e procurou pessoas que eu acreditava se interessar pela causa e começamos a trabalhar a 'Amigos da Leitura'.

Cáh: Qual foi o principal passo q você deu para essa idéia tornar realidade?
Amigos da Leitura: O principal passo sempre é o primeiro: a vontade. Após ter a ideia e encontrar pessoas identificadas com a causa ficou fácil. 

Cáh: Qual foi à maior dificuldade que encontrou ao longo desses anos?
Amigos da Leitura: A questão da documentação,sem dúvida. Nosso país já é burocrático, com relação ao Terceiro Setor, ainda mais. Graças àqueles que se aproveitam do fato do brasileiro ser um povo que tem vontade de ajudar para transformar isso em benefício próprio. Graças a esse impedimento, a 'Amigos da Leitura' jamais recebeu qualquer quantia de qualquer órgão público ou Governo, sustentando-se pura e simplesmente graças ao voluntarismo dos integrantes e simpatizantes da causa.

Cáh: Quem faz parte desse grupo? E como podemos participar?
Amigos da Leitura: É difícil citar nomes, pois muitos fizeram e não estão mais tão presentes, outros entraram depois. Mas pessoas ligadas aos eventos da Juventude de Ferraz de Vasconcelos são também membros da 'Amigos da Leitura', como por exemplo o Glenn Freitas e o Adriano Alves. Além deles, temos pessoas de São Paulo, Guarulhos, Santo André, Itaquaquecetuba, Poá e outras cidades. Para fazer parte é só estar em contato conosco, propor eventos que tragam algum benefício cultural/social. Não há cláusulas nem contratos, apenas vontade.

Cáh: Qual é a sensação de receber sorrisos daqueles que recebem os livros?
Amigos da Leitura: Essa talvez seja a coisa que mais vale a pena em todo o projeto. Junta-se a isso a sensação de estar fazendo algo que pode mudar o futuro de uma pessoa e todo o esforço dispendido para realizar os eventos está retribuído.

Cáh: Qual foi o maior evento realizado/com o apoio dos amigos da leitura?
Amigos da Leitura: Talvez tenha sido o nosso primeiro evento, em 2008, cujo nome foi 'Projeto Atitude'. Com o apoio de empresários da cidade e o empenho de pessoas próximas e comprometidas realizamos um dia inteiro de evento na escola conhecida como Mário Manoel, próxima a Delegacia. No evento, distribuímos cerca de 1500 livros gratuitamente para a comunidade. Além disso, o Projeto contou com duas apresentações teatrais, 700 atendimentos odontológicos gratuitos, esclarecimento jurídico, oficinas de quadrinhos e xadrez, sorteio de brindes e muita coisa legal. Costumo dizer que começamos com o pé direito.

Cáh: Quais são os planos/projetos esse ano?
Amigos da Leitura: Esse ano pretendemos formar parcerias com entes e pessoas que já trabalhem no meio cultural para tentar potencializar o trabalho. Em Ferraz de Vasconcelos, por exemplo, temos diversas atividades já sendo trabalhadas e que não recebem o tratamento e a divulgação merecida. Vamos procurar essas pessoas e propor parcerias e eventos que ajudem nesse reconhecimento e levem a mensagem que a 'Amigos da Leitura' carrega consigo. Além disso, pretendemos iniciar, no 2º semestre alguns cursos/oficinas que ajudem alunos da escola pública a adquirir conceitos e prestar o vestibular. 

Cáh: Deixe uma mensagem a todos que participam, que acompanham e que acabaram de conhecer os amigos da leitura:
Amigos da Leitura: A 'Amigos da Leitura' se resume em um grupo de jovens, voluntários e com vontade de fazer algo que modifique a nossa dura realidade. Isso é mais que um objetivo, é uma causa, um ideal. A leitura é o primeiro passo para a criatividade e a cultura a única coisa que pode solucionar problemas a longo prazo. Venham com a gente! Estamos abertos a propostas, convites, ideias e membros. Nos sigam no Facebook e Twitter (@amigosdaleitura) e logo logo no site, que está para ser lançado. Obrigado.
"Um país não muda pela sua economia, sua política e nem mesmo sua ciência; muda sim pela sua cultura" (Betinho).


Um comentário:

  1. Meus parabéns a você Cáh e a todos da "Associação Amigos da Leitura". Muito sucesso. Beijos.

    ResponderExcluir