sexta-feira, 12 de abril de 2013

Ferraz a cracolândia de amanhã - Robert Dias

Nos dias de hoje em Ferraz de Vasconcelos, vemos o triste e degradante crescimento de usuários de crack que na maioria das vezes são moradores de rua que com as ações da Polícia Militar e a prefeitura da cidade de São Paulo com intuito de acabar com a chamada cracolândia acabaram se espalhando por outras regiões da cidade de São Paulo e outras cidades.  Consequentemente eles chegaram em Ferraz, e tem causado transtornos para nossa população que se sente insegura em sair nas ruas até mesmo no período da tarde onde é fácil ver essas pessoas nas calçadas usando a droga com toda liberdade! E não acredito que seja necessário falar sobre os famosos arrastões que eles costumam fazer quando estão em abstinência pela falta da droga.
Nossa prefeitura deveria dar mais atenção à esta situação que causa desconforto e torna nossos jovens vuneráveis ao crack. Nós temos “ferramentas” como o CAPS-AD, temos a igreja Nossa Senhora da Paz que oferece o AA e NA, mas será que apenas isso está sendo eficaz?
Definitivamente não, precisamos de mais! Precisamos na realidade valorizar nossos assistentes sociais, o CRAS e além disso dar para cidade uma Secretária de Assistência Social que funcione, e trabalhe em parceria com outros orgãos, públicos ou privados que realizem trabalhos de consciêntização, tratamento e prevenção ao  crack e mais do que isso lute para ajudar essas pessoas que vivem nas ruas, excluídas da nossa sociedade.
Me lembro bem que aproximadamente um ou dois anos atrás não era algo comum ver pessoas usando crack em pleno dia, hoje já presenciei esta triste cena diversas vezes, temos que olhar também os espaços públicos como o parque Nosso Recanto que está em estado de abandono e é frequentado hoje por usuários de crack e a turminha jovem da maconha que logo estará no crack e vagando pelas nossas ruas, abandonando casa, estudo e família.
Deveríamos pensar sobre isso e unir forças e combater este cancêr que vem destruindo famílias e a juventude que está se perdendo por falta de atenção e conscientização. Fica aqui este apelo em nome do bem estar social e da juventude ferrazense!
Robert Dias